Opinião Autárquicas: Voto útil, Voto inútil, Voto de mudança

Posted by

José Manuel Silva

A vitória do SOMOS COIMBRA, elegendo uma voz forte, assertiva, independente e competente para a representar, transformará Coimbra na estrela da noite eleitoral autárquica e recuperará imediatamente o prestígio e o protagonismo perdidos pelo concelho.
A vitória do SOMOS COIMBRA é a lufada de ar fresco e a mudança que Coimbra necessita. É o único movimento independente e está em franco e progressivo crescimento e afirmação, sendo cada vez mais aqueles que acreditam e pressentem esta vitória, tal como há quatro anos aconteceu no Porto, com Rui Moreira.
A vitória do SOMOS COIMBRA é a vitória das pessoas de Coimbra. As eleições autárquicas são uma eleição essencialmente de pessoas, não de partidos. Com uma Câmara a funcionar bem, Coimbra pode crescer extraordinariamente.
Se ganhar uma candidatura partidária, seja ela qual for, Coimbra manter-se-á apagada e esquecida no meio do mapa de Portugal, a obedecer às ordens de António Costa ou Pedro Passo Coelho, num desonroso 15º lugar no ranking nacional e continuando a decair, em população, alternando apenas a cor dos boys partidários.
Coimbra ainda tem bons indicadores sociais graças à sorte de ter uma boa Universidade e um grande Hospital. Porém, no que depende da Câmara Municipal, quase tudo funciona mal.
É patético e inadmissível o Dr. Manuel Machado querer apropriar-se dos louros do êxito do Instituto Pedro Nunes, onde a Câmara detém apenas 3% do capital e em nada contribui para a governação executiva, ao mesmo tempo que foge à responsabilidade do falhanço do iParque, onde a Câmara detém 90% do capital. O abandono e degradação do iParque (e outros parques industriais), que podia ser um excelente polo industrial e gerar centenas de empregos, é a imagem da má gestão do Dr. Manuel Machado. Coimbra não pode continuar a ser ridicularizada e a obrigar os seus jovens a emigrar.
Porque a amam a sua terra, as pessoas de Coimbra querem melhorar a sua cidade e as suas freguesias e sabem que a mudança nunca será feita com pessoas ligadas ao passado camarário ou que perderam abruptamente os seus mandatos autárquicos. Os problemas estruturais de Coimbra não se resolvem com negociatas ou partidos que agora prometem o que nunca fizeram.
Porém, recorrendo às estratégias do costume, os partidos apelam ao voto útil nos seus candidatos para que não ganhe o partido adversário! Apelam ao voto pela negativa, contra o outro, acrescentado que o voto no SOMOS COIMBRA é inútil, porque não podem ganhar. Bem se enganam!
O nosso apelo é pela mudança positiva. Votem no melhor projecto, na única candidatura que já apresentou programa e é totalmente livre. Votem em pessoas independentes e competentes, com ideias novas.
A mudança está nas mãos de todos e não haverá mais desculpas. Basta votar SOMOS COIMBRA, a candidatura do coração, no dia 1 de Outubro.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*