Opinião: Sugestões e candidatos

Posted by

Diogo Cabrita

Coimbra precisa de ideias para o seu futuro e nós devemos contribuir com sugestões por mais disparatadas que pareçam. A toleima que tanto estreita, deve ser abreviada para que despontem sem vergonha as mais desbragadas inspirações. Coimbra carece de atrair pessoas e de fixar projectos, mas para isso tem de ser aliciante, buliçosa.
Eu sonho com um projecto mais vistoso no parque Mondego, um lugar onde caiba uma piscina de rio que cause inveja, onde o excesso de areia possa criar uma praia como na Portela. Uma piscina maior que a que já lá esteve, onde um dia foi a “ponte das barcas”.
A enorme ponte de Ceira devia ter um projecto internacional de escalada, com monitores que atraem, com treino para quem aprecia.
Claro que aquele outro espaço de beira rio que virou palco eterno devia ser reconvertido para melhores fins. Como toda a beira rio. Acabar com a estação nova. Acabar com aquele estádio universitário. O rio é para ser vivido.
Claro que a Penitenciária devia ser arrasada do lugar onde está e criada uma penitenciária com dignidade, com realidade verde e uma visão moderna da clausura e da terapêutica dos presidiários construída numa região de Coimbra, mas mais apropriada.
Também os Covões podem ser o Hospital da patologia benigna por contraditório com a noção de IPO. Assim as Maternidades também caberiam nele.
Arrasar o velho Pediátrico e criar uma solução com estacionamentos para as consultas externas dos HUC, acabando com a tortura existente. Milhares de utilizadores do IPO e HUC são consulta externa e isso pode ser gerido de modo muito melhor e mais eficiente assim reduzindo os carros nos HUC e os constrangimentos das Instituições.
Construir um novo Liceu José Falcão onde está a Penitenciária hoje e repensar um verdadeiro bairro de vivendas no que sobraria da remoção daquele edifício.
-Este tipo é o erase! e os amigos riram-se!
Mais que novas ruas, a baixa de Coimbra precisa de ver um programa de reabilitação urbano urgente onde os edifícios ganham elevadores e estacionamentos próximos ou neles próprios. Programas de empréstimo a jovens para se fixarem na velha baixa mas devidamente acondicionados.
Pensar se é viável o aeroporto de Cernache/Antanhol. Atrair os utilizadores de voos e pensar com as companhias a viabilidade de ligações com as grandes cidades de Paris, Londres, Barcelona, Madrid. Faz sentido? O aeroporto merece que se gaste dinheiro público?
Forçar entendimento entre os clubes para termos uma equipa na primeira divisão. Escolas de formação com vários nomes, vários clubes concorrentes mas um fim último – uma equipa de Coimbra a competir para ganhar campeonatos de râguebi, de basquete, de futebol, etc.
Tenho esta diarreia de ideias que não cabem neste crónica, mas fico curioso dos programas que aí vão aparecer para escolher quem for mais criativo, mais sustentado, mais arrojado, mais cultural, mais desportivo.

One Comment

  1. Curruptus Orelhudus says:

    Arrasador!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*