Homenagem às lavadeiras do Mondego

Posted by

Foto DB-Luís Carregã

As margens do rio Mondego, junto à Praia Fluvial de Palheiros e Zorro, voltam a acolher, hoje e amanhã, a homenagem às lavadeiras, com a recriação da tradicional “barrela”. Promovida uma vez mais pela Associação Desportiva e Recreativa dos lugares de Casal da Misarela, Misarela, Vale de Canas, Barca e Ribeira e pelo Rancho Folclórico Rosas do Mondego, do Casal da Misarela, Freguesia de Torres do Mondego, com o apoio da Junta de Freguesia de Torres do Mondego e da Câmara Municipal de Coimbra, a homenagem tem início marcado para esta tarde.
De acordo com informação das entidades organizadoras do evento que presta a homenagem devida a todas as mulheres que viveram nas margens do rio uma vida dura, recriando a tradicional “barrela” da roupa branca das senhoras da cidade, o início está marcado para a tarde de hoje, com a chegada das mulheres carregadas com as trouxas de roupa.
Como acontece já há quase uma década, a recriação etnográfica integra a animação no local e a dormida de todo o grupo de participantes, a que costumam juntar-se sempre veraneantes e turistas, lembrando a tradição de guardar a “barrela” e os utensílios que aquele método de lavagem exigia, uma vez que estes eram alvos frequentes da cobiça alheia.
O grupo de lavadeiras e acompanhantes, trajado a preceito, sairá da Associação Desportiva e Recreativa dos lugares de Casal da Misarela, Misarela, Vale de Canas, Barca e Ribeira pelas 16H00 de hoje, em desfile até ao rio. Assim, todos os interessados em participar no evento devem comparecer no local de partida, “devidamente trajados e equipados com farnel para partilhar”. Amanhã, durante a tarde, com cantoria e muita animação, será concluído o ritual da “barrela”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*