Ateia incêndio com cigarro e embriagada por discutir com ex-companheiro

Uma mulher, de 48 anos, ateou um incêndio de grandes dimensões, em Proença-a-Nova, atirando um cigarro para uma zona de mato. A incendiária agiu embriagada e justificou o crime com discussões com o ex-companheiro. Foi detida esta segunda-feira, anunciou ontem a Diretoria do Centro da Polícia Judiciária (PJ).

O incêndio ocorreu na Foz da Amieira, Proença-a-Nova, pelas 20H35 e foi ateado após a suspeita ter bebido “várias cervejas”, revelou fonte policial. A mulher apresentava um “quadro de desorientação emocional face aos problemas de conflitualidade com o seu ex-companheiro”, informa a PJ em comunicado.

Divorciada e desempregada, está acusada da prática de um crime de incêndio florestal em terreno povoado por mato, pinheiros, eucaliptos, medronheiros e árvores de fruto, tendo ardido uma área calculada em mais de 200 hectares.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*