Cabeleireiro social vai cuidar dos utentes do Centro João Paulo II

Posted by

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

O Centro de Acolhimento João Paulo II assinalou ontem o 12.º aniversário da melhor forma: com a inauguração de um cabeleireiro social, projeto a que deu o nome “Escova Solidária”.

O cabeleireiro social – que funcionará de 15 em 15 dias e atenderá as pessoas mediante marcação prévia, de forma totalmente gratuita -, está instalado numa sala da Casa Paroquial da Igreja de S. José, cedida pelo padre João Castelhano.

Os “clientes” serão os utentes do Centro de Acolhimento, ou outros que sejam encaminhados por outras instituições, explicou Teresa Sousa, responsável do Centro e mentora da ideia.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*