Convento do Carmelo já recebeu mais de “mil relatos de graças” resultantes de orações à Irmã Lúcia

Posted by

O Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra, registou cerca de uma centena de relatos de graças concedidas por intercessão da irmã Lúcia, desde o encerramento da fase diocesana do processo de beatificação e canonização, em fevereiro último.

O Carmelo onde a irmã Lúcia viveu mais de 50 anos já registou “cerca de uma centena” de relatos de graças concedidas por intercessão da freira falecida em 2005, adiantou a carmelita Ana Sofia da Trindade, que também esteve envolvida no processo de beatificação de Lúcia.

Desde o falecimento daquela que foi um dos três pastorinhos ligados às “aparições” de Fátima, que o Carmelo de Santa Teresa tem registado “um aumento” contínuo, “de ano para ano”, dos pedidos de oração e também de comunicações de graças, explicou a madre prioresa do Convento.

Ao todo, já “são mais de mil relatos de graças” vindos um pouco de todo o mundo, com especial foco na Europa, mas que também surgem de países como as Filipinas, Brasil, Estados Unidos, Paraguai ou Índia, informou.

Com o fecho da fase diocesana do processo e consequente abertura no Vaticano, o aumento tem continuado, notou, sublinhando que uma centena de graças num espaço de três meses “é muito significativo” e é “um sinal muito forte de que as pessoas confiam na intercessão da irmã Lúcia”.

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    É a repetição do processo da plantação de milagres tão repetido pela ICAR ao longo da sua história…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*