Machado pede “máxima celeridade” para novo centro de Saúde

Posted by

O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, pediu ontem “máxima celeridade” na construção do novo Centro de Saúde Fernão Magalhães, para evitar a perda dos fundos comunitários previstos, no Portugal 2020.
“O que mais me chatearia, depois do esforço feito para a alocação de fundos comunitários, seria morrer na praia”, preveniu Manuel Machado, numa reunião com o presidente da ARS do Centro, José Tereso, e o vogal da administração, Mário Ruivo, em que também participou e a vice-presidente da câmara, Rosa Reis Marques.
José Tereso e Mário Ruivo deram conta que o projeto já mereceu aprovação condicionada por parte de Direção Regional de Cultura do Centro e foi aberto concurso para as especialidades. Nesse sentido, prevê-se que a candidatura a cerca de 4 milhões de euros do Portugal 2020 será apresentada até junho. Foram ainda abordados aspetos relativos aos lugares de estacionamento e área de construção.

 

Notícia completa na edição impressa do dia 19 de abril de 2017

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*