Autarquia da Figueira da Foz pode vir a declarar a ruína económica do Edifício O Trabalho

Posted by

 

Foto de Jot’Alves

 

A Câmara da Figueira da Foz mandou fazer uma avaliação independente ao Edifício O Trabalho, para aferir se é técnica e legalmente viável acionar a ruína económica do imóvel. De acordo com o relatório, a autarquia pode avançar com aquela medida.

 

O objetivo da câmara visa a desvalorização do contestado edifício do Bairro Novo para um valor inferior ao da própria reabilitação. Assim, o dono (fundo de investimento norte-americano Apollo) deixaria de ver no imóvel um ativo financeiro estratégico que convém manter como está.

“De acordo com uma avaliação feita por um perito qualificado, há uma ruína económica do edifício. Com este documento, iremos tomar medidas para que o imóvel se desvalorize e passe a ter o seu real valor”, declarou Ana Carvalho ao Diário As Beiras.

 

Informação completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*