Novo PDM “chumba” loteamento de José Elísio

Posted by

O Diário As Beiras apurou que José Elísio viu gorada a pretensão de lotear um terreno de 17500 metros quadrados que detém, em conjunto com o irmão, nas Regalheiras de Lavos, porque o novo PDM não permite construção de habitações naquela zona.

 

O autarca manifestou-se recentemente contra a revisão do PDM, acusando a Câmara da Figueira da Foz de pretender “que as pessoas vão viver  para a cidade”. E admitiu lutar contra a proposta.

José Elísio garante, porém, que não está a ser juiz em causa própria. “Uma coisa é uma questão pessoal, outra coisa é o PDM. Não tem nada a ver com isso”, afiançou o autarca lavoense.

Contudo, reconheceu: “Gostava de valorizar o terreno, porque tenho filhos e o meu irmão também tem filhos. Não estou a pedir nada que não seja justo, só estou a pedir que corrijam uma injustiça”.

 

Versão completa na edição impressa

2 Comments

  1. Vasco Gama says:

    Sendo parte interessada o senhor autarca devia abster-se de comentários. É assim que os políticos perdem a confiança das populações.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*