Derrota amarga em casa da Académica

Posted by

O Académico de Viseu venceu este domingo a Académica por 2-1, em Coimbra, em encontro da 33.ª jornada da II Liga de futebol marcado pela reviravolta operada na segunda parte.

Os ‘estudantes’ marcaram cedo por Traquina, aos oito minutos, mas um ‘bis’ de Zé Paulo, aos 49 e 56 minutos, deu a vitória à equipa viseense, que jogou os últimos cinco minutos com menos um jogador, após a expulsão do guarda-redes Rodolfo.

A ‘briosa’, que tem um jogo a menos, referente à jornada anterior, chegou ao intervalo a vencer, mas depois não conseguiu conter a reação do Académico de Viseu, que esteve muito organizado no ataque e na defesa.

A equipa de Costinha iniciou bem a partida e, logo aos dois minutos, Marinho dispôs de uma boa oportunidade para inaugurar o marcador, mas, depois de fugir ao guarda-redes, o remate foi intercetado por um defesa, culminando uma jogada de ataque continuado.

O golo inaugural surgiu aos oito minutos, num remate cruzado de Traquina, na esquerda, para o poste mais distante do guarda-redes contrário.

A melhor oportunidade do Académico ocorreu aos 32 minutos, quando Bruno Loureiro obrigou o guarda-redes Ricardo Ribeiro a desviar com dificuldade para a linha final um remate que ia para a baliza.

Na segunda parte, o cenário inverteu-se e a equipa de Viseu entrou determinada a mudar o resultado, empatando logo aos 49 minutos, por Zé Paulo, que apenas teve de encostar, no seguimento de um cruzamento da direita efetuado por Bruno Loureiro.

Aos 56 minutos, Zé Paulo ‘bisou’ na partida, com um excelente remate rasteiro da zona da meia-lua da grande área, concretizando a reviravolta no marcador.

Os jogadores da Académica ainda reclamaram grande penalidade sobre Ernest, aos 63 minutos, mas o árbitro Carlos Cabral mandou jogar.

Traquina, um dos mais inconformados da ‘briosa’, ainda tentou o golo aos 68 e 74, mas os remates saíram a rasar, aos 79 minutos, Marinho, em jogada individual, passou por vários jogadores na área do Académico de Viseu, mas sem consequências para a equipa visitante.

Aos 90 minutos, o guarda-redes Rodolfo foi expulso por acumulação de amarelos e o conjunto viseense jogou os cinco minutos de compensação com menos uma unidade e com o defesa-central Bura a assumir a posição na baliza, uma vez que a equipa já tinha esgotado as substituições.

 

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica – Académico de Viseu, 1-2.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Traquina, 08 minutos.

1-1, Zé Paulo, 49.

1-2, Zé Paulo, 56.

 

Equipas:

– Académica: Ricardo Ribeiro, João Simões (Diogo Ribeiro, 83), João Real, Yuri, Nuno Santos, Makonda, Kaká, Leandro Silva (Ernest, 59), Traquina, Marinho e Rui Miguel.

(Suplentes: José Costa, Tom Tavares, Diogo Coelho, Ernest, Ki, Nuno Piloto e Diogo Ribeiro).

Treinador: Costinha.

– Académico de Viseu: Rodolfo, Carlos Eduardo, Bura, Bruno Miguel, Stéphane, Paná, Bruno Loureiro, Zé Paulo (Yuri, 88), Moisés, Sandro Lima (Capela, 75) e Tiago Borges (Luisinho, 71).

(Suplentes: Elísio, Joel, Luisinho, Yuri, Rui Miguel, Park e Capela).

Treinador: Francisco Chaló.

Árbitro: Carlos Cabral (Associação de Futebol do Algarve).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Sandro Lima (27), Rui Miguel (33) e Rodolfo (77 e 90). Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Rodolfo (90).

Assistência: 2.757 espetadores.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*