Amiga de “Isma” diz ter recebido telefonema de homicida em fuga

O suspeito de ter baleado um segurança à porta de uma discoteca em Coimbra no domingo, terá feito, na segunda-feira, um telefonema para uma jovem que trabalha no estabelecimento noturno onde ocorreram os desacatos que culminaram na morte de Ismael Mendes Soares, conhecido entre os amigos como “Isma”.
“A rapariga recebeu um telefonema a dizer que não se ia esquecer do irmão dela, que também esteve metido na confusão. Disse isso e desligou”. A garantia foi dada por uma fonte próxima da vítima, que não quis ser identificada.
Os desacatos ocorreram ainda dentro da discoteca entre a gerente do espaço e uma cliente, supostamente namorada do presumível autor do homicídio. “Isma” interveio para pôr termo à situação e expulsar a mulher da discoteca. Cá fora, o namorado jurou vingança.

“Arma-te lá
em bom agora!”
A mesma fonte relata o que terá ocorrido no momento do crime: “Houve disparos do carro em movimento. Esse carro deu a volta, e com a vítima já no chão inanimada e enquanto a namorada chorava e implorava junto ao corpo para não o matarem, disparou mais dois tiros a queima-roupa. Depois disse: “Arma-te lá em bom agora!”, contou.
A frieza com que foi perpetrado o crime é impressionante. “O último tiro foi para o pé da namorada de Ismael” que, além de ferida, ficou em estado de choque.
Ismael trabalhava durante o dia, por vezes, ajudava na discoteca. “Não era oficialmente segurança”, refere a mesma fonte. Ainda assim, sabe-se que “outros seguranças que o conheciam” andam à procura do suspeito para fazer justiça pelas próprias mãos.
“A comunidade brasileira está assustada e muitos dos amigos do suspeito têm estado fechados em casa com medo de represálias”, adianta a mesma fonte. Júnior Souza, 21 anos, e de nacionalidade brasileira, é conhecido das autoridades, tendo estado envolvido em 2013 numa tentativa de homicídio, na sequência de um tiroteio ocorrido na Praça da República, havendo também suspeitas de ligação ao tráfico de droga. Além disso, estaria já proibido de entrar numa outra discoteca da cidade por causar problemas.

 

Informação completa na edição impressa 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*