IBM inaugura na terça-feira Centro de Inovação Tecnológica em Viseu

Posted by
António Raposo Lima

António Raposo Lima

A IBM inaugura na terça-feira o seu novo Centro de Inovação Tecnológica, em Viseu, numa altura em que já conta com aproximadamente 40 trabalhadores, dos 120 que espera vir a ter.

O presidente da IBM Portugal, António Raposo Lima, disse à agência Lusa que se trata de um centro gerido pela Softinsa (empresa do grupo), “com vocação para trabalhar com clientes nacionais e internacionais”.

“Irá dedicar-se à prestação de serviços, numa primeira fase na área da banca, da distribuição, do retalho e das ‘smarter cities’ (cidades inteligentes), tendo também como objetivo alargar o seu desenvolvimento a novas soluções, por exemplo no âmbito do ‘mobile’, ‘cloud’, cognitivo, entre outras”, explicou.

Neste âmbito, a IBM está à procura de profissionais das áreas de gestão, tecnologias de informação, engenharia informática ou eletrotécnica.

“Estimamos que, na sua plenitude, o centro venha a receber 120 profissionais”, frisou.

O Centro de Inovação Tecnológica da IBM, situado no Parque Industrial de Coimbrões, será inaugurado na terça-feira de manhã pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Segundo António Raposo Lima, nesta fase inicial o centro tem “aproximadamente 40 colaboradores, incluindo profissionais em formação no Campus Softinsa, que se situa nas instalações do Instituto Politécnico de Viseu, onde a esmagadora maioria concluiu a sua formação”.

Estes profissionais têm formação em Gestão, Engenharia Informática, Engenharia Eletrotécnica e Engenharia Biomédica, entre outras áreas.

A escolha de Viseu teve a ver com o facto de ser uma cidade “estrategicamente localizada no centro de Portugal Continental, entre o Porto e Lisboa, e relativamente próxima de Salamanca, onde o grupo IBM dispõe de um centro que irá trabalhar em parceria” com o que vai ser inaugurado.

“A liderança, o envolvimento, o esforço incansável e o compromisso da Câmara Municipal, também na pessoa do seu presidente, fizeram claramente a diferença”, admitiu o responsável.

Por outro lado, o projeto “também só se tornou possível devido à articulação com o Instituto Politécnico de Viseu que o apoiou, desde o primeiro momento, e que está ativamente a suportar esta iniciativa, contribuindo com muitas das competências e dos recursos” necessários para o centro tecnológico, acrescentou.

Na opinião de António Raposo Lima, este novo investimento da IBM trará “muitos benefícios para a cidade de Viseu e para a região”.

Os benefícios “passarão sobretudo pela criação de emprego e retenção de talento, atração de novos investimentos, desenvolvimento de uma nova dinâmica económica e tecnológica para a região, combatendo a interioridade geográfica e contribuindo para reforçar a imagem de cidade do futuro, com aposta no digital e na criação de uma ecossistema de empreendedorismo forte para uma maior competitividade económica e social”, considerou.

O presidente da IBM Portugal fez votos para que Viseu “se torne ainda mais num polo tecnológico” e que este centro consiga “ajudar a colocar a cidade no mapa de Portugal e inclusive da Europa, também como uma cidade mais inteligente para um maior benefício dos seus cidadãos”.

“Desde 2008 que a IBM Corporation tem vindo a trabalhar para a construção de um planeta mais inteligente, onde se insere esta temática das ‘Smarter Cities’ ou cidades inteligentes”, recordou.

One Comment

  1. Henrique Costa says:

    Segundo dizem era para ser em Coimbra mas a Câmara não quis ou não se mexeu. Pelo menos dizem que é culpa da CMC não ter vindo para cá. Nunca houve desmentido por parte da CMC… que eu saiba…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*