Trail: Poucos chegaram à Torre mas todos querem voltar

FOTO DR

FOTO DR

Duas centenas de corajosos atletas saíram pouco depois das 19H30 de sexta-feira de Coimbra, com o objetivo de ligar, a correr, as torres da Universidade e da Serra da Estrela, alcançando o ponto mais alto de Portugal continental.

No fim de contas, quase 110 quilómetros – em concreto, 107 –, com um desnível positivo acumulado de quase seis quilómetros.

Uma “brincadeira” ao nível das mais duras provas de trail que se fazem pelo mundo fora e que acabou por se revelar mais difícil do que a maioria pensava.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.