108 voluntários para a receção ao caloiro de Coimbra

01 bruno matias 3

Bruno Matias, presidente da direção-geral da AAC. FOTO CARLOS JORGE MONTEIRO

Mais de uma centena de estudantes estão convocados para uma reunião, no domingo, 7 de setembro, na Associação Académica de Coimbra. São todos voluntários e vão preparar, com a Direção-Geral, a operação “receção aos caloiros”.

A lista de voluntários colocados já foi publicada, na página da AAC. A reunião, domingo, está marcada para as 17H00, no Mini-Auditório Salgado Zenha.

Ao todo, são 108 os jovens voluntários. Apenas 31 (28,7 por cento) são do sexo masculino. Embora oriundos de todas as faculdades, a verdade é que algumas registam baixa participação – o caso da FCDEF é flagrante, uma vez que apenas um aluno foi colocado nesta listagem.

Versão completa na edição impressa

2 Comments

  1. será um caso de discriminação???!!!! a FCDEF NÃO TEM INSTALAÇÕES!!!! NÃO TEM AS MINIMAS CONDIÇÕES, OS ALUNOS CHEGAM A FAZER FREQUENCIAS NO GINASIO DEITADOS NO CHÃO, ESTE ANO A MAIOR PARTE DAS TEORICAS TÊM DE SER DADAS NAS FACULDADES NO D DINIS SENDO OS TRANSPORTES Á CUSTA DELES…SERÁ QUE O SR PRESIDENTE DA AAC JA SE DEU CONTA DISSO???? EU SOU MÃE E PAGO PROPINAS TAL E QUAL COMO OS OUTROS!!!! RESTA ME O ORGULHO DE QUE NA QUEIMA DAS FITAS FORAM ELES QUE FIZERAM A FESTA E GANHARAM!!! VIVA A FCDEFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF

  2. Zé da Gândara says:

    Que altruístas que são os jovens da AAC! Que bonzinhos que eles são!

    Já agora… Eu também ainda sou um jovem… Tenho imensas dificuldades na vida decorrente, não da falta de capacidade, mas sim do sistema de castas à Indiana que vigora nesta piolheira… Não quer o jovem Presidente da AAC, a AAC ou então este verdadeiro grupo de jovens acólitos que forma a AAC ter misericórdia perante a minha situação e passar a subsidiar-me a fundo perdido?

    Se for subsidiado, prometo solenemente que não me vou embebedar para queimas das Fitas, Festas das Latas ou coisas parecidas… Prometo que farei uma gestão criteriosa dos fundos que me forem confiados…

    Então solidariedade Coimbrã? Há ou não há solidariedade para com este jovem discriminado desde a nascença?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*