Obras na estrada para Penacova estão atrasadas

Posted by

derrocada

A população de Penacova, incluindo o próprio presidente do município, foi confrontada ontem com um facto consumado, quando a Estradas de Portugal (EP) anunciou que a interrupção da circulação se iria manter por mais um mês na EN110.

A notícia chegou no dia em que se previa a retoma circulação automóvel, embora ainda apenas alternadamente.

“Só numa reunião realizada na sede da Estradas de Portugal [na segunda-feira] é que nos foi comunicado que a estrada não abria hoje ao trânsito, de forma alternada, conforme estava previsto”, disse o autarca Humberto Oliveira (PS).

O presidente da Câmara de Penacova salientou que a estrada encerrada traz prejuízos acrescidos para as pessoas, tendo, por isso, proposto um “esforço tripartido para que fosse colocado ao serviço das populações transportes adicionais”.

“Esse esforço envolveria a Estradas de Portugal, a Câmara e a empresa responsável pelas obras no transporte às populações afetadas”, explicou Humberto Oliveira, referindo que a proposta ficou de ser estudada.

As obras iniciaram-se no dia 10 de fevereiro na zona do Caneiro, ao quilómetro 11.6 da EN 110, que liga Penacova a Coimbra, ao longo da margem direita do rio Mondego, numa empreitada orçada em 193 mil euros.

 

Notícia completa na edição impressa de quarta-feira, dia 12 de março, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*