Opinião – (Mais) Derrocadas

Posted by

PIGNATELLI QUEIROSM. Pignatelli Queiroz

De vários tipos, prosseguem as derrocadas- físicas, psicológicas éticas económicas e já não falo em MORAIS pois os “ iluminados “ que se afirmam de fantasmagóricas “maiorias” , já nem sabem o que este conceito significa. Mas a razia prossegue. Para já não falar no Espitritual , cujo paralelismo, puramente abstracto, claro, muitos procuram e afirmam no “valor imaterial do Fado “ e que o tem, sem qualquer duvida. Mas as noticias continuam más. Saúde – Um dos maiores valores no sector da Medicina Cárdio-Torácica, demite-se, por razões de étioca genuína, do sector que colocava os HUC, Coimbra, Portugal, no topo das Ciências internacionais. Mas não foi o Prof. Doutor Manuel Antunes que “caiu”, antes pelo contrário, foi o sistema que ele sustentava. Num bloco gigante, já antes e depois da sua inauguração condenados ao fracasso. E este não pode ser afastado por uma gestão de apenas 2 anos, que anos anteriores destroçaram, tal como o fizeram com a derrocada de uma ala do novo (?) Hospital Pediátrico ou de um silo, pago, que se volatilizou misteriosamente.

Sem pôr em causa a grande categoria da maior parte dos Profissionais dos HUC/CHUC, a verdade é que organizativamente derrocou, sabe-se lá se não definitivamente, a despeito dos esforços postos para a sua operacionalidade. Para agravar, a destruição paulatina de um Centro de excelência, os Covões, que me mantiveram vivo após a minha renúncia-declarada-ao Estabelecimento de que sou vizinho, com salvaguarda, precisamente, do único serviço onde, se necessitasse, entraria: o do Doutor Manuel Antunes. E agora?

À noite. Já tenho que ir para a barafunda das Urgências dos HUC, onde passei longas horas, esquecido, à espera de consulta. Um exemplo. E agora que os Covões vão levar o golpe final (espero que não) tenho que ir de ambulância para o Hospital em Lisboa onde frequento uma especialidade. CTT Celas – Porquê a estação da maior freguesia do Centro da País, da zona mais central do seu coração – Celas e Santo António dos Olivais – só falta agora a grande zona nova? Depois do Património Cultural, da Saúde, agora dos Correios, que mais se seguirá? Vão buscar os biliões a quem os desviou! Aumentos das rendas– Apareceu agora, temerosamente anunciada, a nova burla de que estão a ser vítimas os senhorios, com a invasão de casas por multidões que, ao tentarem afastá-los, exigem balúrdios de indemnizações!

Mas vejamos o inverso: porque são novas rendas avaliadas, com base em extractos de processos “desaparecidos” e de há longos anos, de casas hoje degradadas, sendo os aumentos também um balúrdio? E os arrendatários não podem pedir a reavaliação às Finanças, só os Senhorios! Apenas indo para Tribunal para gastar mais um balúrdio. “E esta, hein”?. “Novo Registo Civil” – Mais uma valência na Reitoria da U.C.. Que mais se seguirão?…

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.