Festival de Música de Leiria junta tradição e modernidade

Posted by

18 Miguel Sobral CidOs cruzamentos entre tradição e modernismo e entre clássico e tecnologia marcam a edição deste ano do Festival Música em Leiria, que por estes dias aplica a fórmula a vários pianos.

Ontem e hoje, são os mais novos a experimentar os desafios preparados pelo festival, com o espetáculo “pi_ADD(a) forte”.

A criação de Simão Costa junta música, dança e vídeo numa performance multimédia que esgotou ontem o Teatro Miguel Franco, em Leiria, e está prestes a fazer o mesmo com as duas sessões de hoje, agendadas para as 10H30 e 14H30.

“Este espetáculo em particular é muito estimulante, cheio de surpresas a nível visual e sonoro”, explica Miguel Sobral Cid, diretor artístico do festival.

Em palco, dois pianistas exploram um piano, aplicando várias tecnologias de mistura, enquanto, ao mesmo tempo, uma áudio-bailarina dá uma outra dimensão ao som.

“É muito criativo, um estímulo muito forte para as crianças que traz o que de melhor se faz na ‘arte dos sons’, além de ser uma experiência muito próxima dos miúdos”, sublinha o diretor artístico.

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.