ETAR fecha um ciclo de investimentos

Posted by

01 ETAR ANCA 000 LCO que representa esta obra para a freguesia de Ançã?

É uma obra importante do ponto de vista do esforço que a câmara, através da Inova, desenvolveu para passar dos 34 por cento de cobertura de rede do saneamento, em 2005, para praticamente a cobertura total agora em 2013. Para Ançã, esta ETAR veio resolver todos os problemas. E, em particular, os problemas da Granja. Sendo uma ETAR de última geração que nos dá outras garantias no tratamento e na proteção do ambiente, esta obra permite-nos, também, desmantelar a velha ETAR que estava numa zona agrícola, próxima da ribeira.

 

Um investimento que se justifica, portanto?

Sem dúvida. Estamos a falar de uma obra que custa cerca de dois milhões de investimento. Não é brincadeira nenhuma se pensarmos que neste momento estão a ser feitos outros investimentos de grande significado para Ançã. Refiro-me ao complexo desportivo que seguramente na pré-época vai estar ao serviço das equipas do Ançã Futebol Clube, à recuperação deste edifício onde nos encontramos. Um processo que se iniciou com a cedência do terreno do antigo Ançã Futebol Clube ao município para a construção do primeiro Centro Escolar do concelho, que é uma enorme mais-valia para todos. E, ainda, ceder aquela que foi a nossa sede às associações para aí desenvolverem os seus projetos. A construção do Centro Escolar permitiu, ainda, libertar o terreno do jardim-de-infância, na Quinta de Santo António e cedê-lo ao Centro de Dia.

 

Quando inaugurou a sede da junta aplaudiu o empenho da câmara. Ançã tem sido privilegiada?

Quando inaugurámos este espaço, salientei o esforço que o município tem feito nos últimos dois mandatos em Ançã agradecendo a toda a equipa, e muito em particular ao presidente. Não estou a dizer que houve um cuidado especial com Ançã em detrimento de outras freguesias do concelho. Estou a dizer que foram criadas as condições para que em Ançã surgissem estes equipamentos tão desejados.

 

Ver versão completa na edição impressa

One Comment

  1. É frustante para um cidadão que se preze ler estas noticias sabendo que no seu concelho a cobertura da rede de saneamento no seu concelho não atinge ainda os 50%! Refiro-me concretamente ao concellho de Soure, onde habito, trabalho e pago os meus impostos, taxas e tarifas!É uma pena! Duas décadas passadas, uma gestão danosa, muitas oportunidades perdidas! Vamos aguardando dias melhores mas o futuro não se nos afigura muito risonho…..!!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*