Empresários de Cantanhede promovem cooperação com São Tomé e Príncipe

Posted by

sao tome

Um grupo de 12 empresários de Cantanhede vai deslocar-se a São Tomé e Príncipe para conhecer “as várias potencialidades” daquele país e para estabelecer eventuais “parcerias de cooperação e investimento”.

A missão visa “maximizar as possibilidades de novas parcerias empresariais, permitindo aos empresários portugueses a expansão dos seus negócios, para o desenvolvimento e afirmação da economia portuguesa interna e externamente”, sublinha Associação Empresarial de Cantanhede (AEC), entidade promotora da iniciativa.

“Fazem parte da comitiva 12 empresários” dos “setores de atividade das áreas da construção civil, agroalimentar, comércio a retalho e indústria”, que permanecerão em São Tomé e Príncipe entre 28 de junho e 05 de julho, disse à agência Lusa o presidente da AEC, Luís Roque.

No primeiro dia da sua estada naquele país (28 de junho), os empresários portugueses, depois de apresentarem cumprimentos ao Presidente da República de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, encontrar-se-ão com a Associação de Mulheres Empresárias e com a Câmara de Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços.

“Ainda no dia 28 será feita uma apresentação de São Tomé e Príncipe à comitiva de empresários” de Cantanhede, “providenciada pelo gabinete do primeiro-ministro” daquele país, que abordará questões relacionadas com as vertentes demográfica, cultural, social, empresarial, económica”, adiantou o dirigente da AEC.

Do programa fazem igualmente parte apresentações sobre a legislação fiscal, aduaneira, laboral e de segurança social, e relacionada com o investimento em São Tomé e Príncipe.

Nos dias 01 e 02 de julho, terão lugar encontros bilaterais com empresas, isto é, os representantes das empresas que participam nesta viagem reunir-se-ão com “empresas e/ou potenciais investidores são-tomenses, já identificados por setores de atividades” e durante os quais serão “afinadas estratégias de negócios, trocas de contactos e análise de potenciais investimentos”, entre outras ações.

Com “cerca de 230 empresas associadas, de vários setores de atividade”, designadamente do comércio, da indústria, dos serviços, da restauração, da agricultura e do turismo, a AEC é “uma entidade de utilidade pública”, cujo “objetivo é a promoção do desenvolvimento económico”.

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Férias powered by AEC? Se for o caso, nada contra, até porque não sou contribuinte directo do orçamento da AEC!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.