“”As pessoas de Trouxemil estão a viver situações dramáticas ao nível financeiro””

Posted by

artur ferreira

O que faz falta à sua freguesia?
Duas coisas: uma resposta social mais intensa, equilibrada e justa, porque a crise que assola o pais está a criar fortes problemas nas pessoas que moram em Trouxemil, e um pavilhão polidesportivo coberto.

Neste momento, a resposta social não chega?
É insuficiente. Não conseguimos responder de forma positiva a todas as famílias que nos reportam os seus problemas. Da Segurança Social, a resposta que nos dão é que também eles não conseguem responder aos atuais pedidos de apoio. Aqui, as pessoas começam a viver situações dramáticas que vão desde a falta de dinheiro para a compra de alimentos ou para pagar as simples despesas do dia a dia.

O desemprego está a atingir muitas famílias da freguesia?
Muitas. São cada vez mais as pessoas que se deslocam à junta a pedir apoio.

Quem é que presta, atualmente, a resposta social da freguesia?
A junta e a Comissão Social da freguesia. Neste momento, temos uma parceria com a Escola Superior de Enfermagem para prestar apoio aos seniores da freguesia. Por outro lado, estamos a solicitar apoio à autarquia e aos nossos amigos para podermos ajudar aqueles que precisam.

Não existe nenhuma instituição de solidariedade social?
Existe uma, que presta um serviço excelente na creche, jardim de infância e idosos da freguesia. Precisávamos de uma instituição mais forte que nos permita dar uma nova esperança aos nossos moradores. Não nos podemos esquecer que, apesar dos muitos casos conhecidos, existe ainda a chamada pobreza envergonhada. São pessoas com muitas dificuldades, mas com vergonha de assumirem que não dispõem dos meios necessários para sobreviver.

Quanto ao polidesportivo coberto, é uma ambição antiga?
A Junta de Freguesia, nos últimos oito anos, tentou em conjunto com a câmara realizar um conjunto de intervenções que tornassem Trouxemil mais justa, equilibrada, moderna, solidária e saudável. Como tal, fomos construindo equipamentos que há muito eram desejados e, acima de tudo, necessários para a comunidade. Apesar disso, o polidesportivo não foi construído e a freguesia continua a não dispor de um espaço para os adultos e as crianças de Trouxemil praticarem desporto de forma contínua num espaço digno.

Mas não há terreno disponível?
Essa é que é a verdadeira questão e o meu lamento: está construída a base do polidesportivo num terreno adequado para a prática do desporto, num local com todas as acessibilidades feitas e com projeto. No fundo, tem todas as condições para avançar. Mas tal não aconteceu por falta de verbas. O meu lamento é ainda maior quando se gasta dinheiro noutros locais a adquirir terrenos, a construir muros de suporte para criar a área onde irá ser construído um espaço desportivo, quando em Trouxemil existe tudo o que é necessário para a realização do polidesportivo e nada se faz.

 

(Ler entrevista integral na edição impressa deste sábado do DIÁRIO AS BEIRAS)

8 Comments

  1. Lúcia Carvalho says:

    Um presidente simpático e dado ao "social" e ás colunas sociais. Parece que para si a freguesia de Trouxemil se resume a localidade de Trouxemil. Adémia tem um excelente relvado sintético para o futebol de 11 fruto do trabalho das gentes desta terra.. Alcarraques tem um pequeno pavilhão desportivo para a prática do futsal que muito se deveu ao esforço das suas gentes. Trouxemil tem um bom polidesportivo descoberto com medidas oficiais feito pela câmara graças ao anterior presidente Zé carapau. Se o Sr. Presidente tem terreno e projecto feito e aprovado para um novo espaço desportivo, do que tenho muitas duvidas, porque não fez ainda nada nesse local. Está a espera do Dom Sebastião? Já vem tarde…. Trabalhe que faz-lhe bem e foi para isso que foi eleito. Sem o meu voto claro.

  2. José Rodrigues says:

    Bom rapaz mas devia ligar mais a limpeza das ruas. A freguesia esta imunda e cheia de ervas. Faz muito pouco para o que tem de vaidade.

  3. Euclides says:

    Um presidente simpático mas que tem que que trabalhar mais. A limpeza das nossas ruas e uma vergonha.

  4. Isabel Gomes says:

    Este senhor só pensa em Trouxemil. Vai no bom caminho. Trabalhe mais e pense melhor o que diz.Grande parte é pura conversa fiada de advogado de aldeia com muitas falsas verdades para não dizer mentiras pelo meio.

  5. Julio Gomes says:

    De lamentos está cheio o mundo. Mais trabalho e menos vaidade. Ja agora menos ervas nas ruas.

  6. António Sousa says:

    Vaidoso e troca tintas. Trabalha que o teu mal e falta de saberes o que é difícil.

  7. alvaro pereira says:

    Mais trabalho e menos promessas.Não faça como da ultima vez que na vespera das eleições só fez promessas e obras mem ve-las. Nem alcatrão e só ervas

    .

    • jose travassos says:

      Foi o partido que defende que levou as pessoas a esta desgraça,como é possivel vir agora dizer que se vivem situações dramaticas a
      nível financeiro em Trouxemil,e em só em toruxemil?pois foi o governo que defende que criou esta situação de desastre nacional,e o que fez pela freguesia?parece que fez muito pouco ou nada.
      Também não foi com o meu voto que ganhou.
      josé travassos

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*