Opinião – E tudo o vento levou

Posted by

LUIS SANTARINO

Luís Santarino

PEDRO – Olá Paulo, bom dia, estás bom? Madrugaste?

PAULO -Nem por isso Pedro. Dormi mal. Acho que estamos a mais neste País!

PEDRO – Pois é Paulo. Mas não temos outro. Temos de nos resignar…

PAULO – Já viste as notícias? Os comentários da oposição à minha oposição às medidas que todos aprovámos “lá” no Conselho?

PEDRO – Estes gajos não existem. O Seguro manda o miúdo à televisão dizer umas coisas – já estou a ver o “capataz de Belém” aos gritos; “mandem um homem, mandem um homem”! – o Jerónimo a ler o discurso oriundo do Comité Central, mas que já tinha sido elaborado no dia anterior, e o Semedo não diz coisa com coisa desde a “jogada do bicéfalo”. Repetem-se uns aos outros. Patético não achas?

PAULO – Uma desgraça diria eu. Reagiram tal como esperávamos (gargalhada do outro lado). Quem deve estar todo satisfeito é o “capataz de Belém”! Enquanto a oposição andar neste disparate o gajo lá se vai safando.

PEDRO – Temos é de encontrar uma solução para o Gaspar. Está cada vez mais chato, rezingão e ainda acaba por cair de “maduro”!

PAULO – Por falares em maduro, não achas que o Maduro que levaste para o governo seria mais catita? Fala fácil, cabelito comprido, boa voz “para pedir fiado”, o “mulherio” até é capaz de gostar! Como não tenho a quem perguntar, pergunta tu!

PEDRO – Tás mas é maluco. O Gaspar é o menino bonito, feio diria eu, (gargalhada do outro lado) da malta da Troika. Até o Barroso, que quer ocupar o lugar do “capataz de Belém”, quer que ele continue. Enquanto a oposição der “abébias” o gajo mantêm-se. Depois logo se verá!

PAULO – Esse Barroso também me saiu uma boa peça. Bem que poderia ajudar mais qualquer coisa. A não ser que queira aparecer como o “salvador”! Mas também isso vai ser difícil. O Povo não gosta de “quem abandona o barco e deixa os marinheiros entregues a cartagineses”!

PEDRO – Deixa lá isso. Temos de nos rir com qualquer coisa. Mas sabes, estou preocupado com o Seguro.

PAULO – Porquê?

PEDRO – Pareces trengo pah! Se em Setembro, o PS perder o Porto, Braga, Matosinhos, Évora, Setúbal, Coimbra, Loures, – vê lá, Loures para o Bernardino Soares – e sabe-se lá mais o quê, o gajo pode não se “aguentar ao balanço” e tumba, a oposição interna arranja-lhe um caldinho e lá vai ele para o tubo!

SEGURO – Está lá, está lá, quem fala?

PAULO – Linhas cruzadas. Parece-me a voz do Seguro. És tu Seguro?

PEDRO – Também me parece que é ele.

SEGURO – Estava a tentar ligar para o Soares e aparecem-me vocês os dois. Um mal nunca vem só! Soares aparte…Soares aparte!

PEDRO – Estávamos a falar de ti. O Paulo está preocupado contigo. Diz que se perderes umas autarquias importantes vais direitinho pró tubo. Ainda agora acabaste o congresso e já aparecem militantes a criticar. Sabes, é o problema dos congressos que não servem para nada. Quando não se discute política…

SEGURO – Pois. Anda por aí uma malta a dizer isso, mas acho que tenho tudo controlado. Umas vão dar para as outras. No final, o Costa ganha Lisboa e fica sossegado. O Assis encolhe-se e lá vou eu cantando e rindo até 2015… ou antes, não vá o “capataz de Belém” ter um “ataque de idiotice” e marcar as eleições legislativas em conjunto com as europeias. Mas já destinei “quem vai para onde”! Por isso, quietinhos é que eles estão bem!

SEGURO – Está lá? Está lá? Querem ver que os gajos desligaram? E logo agora que a conversa estava a correr tão bem!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*