Instituto Superior de Teologia de Viseu vai fechar

Posted by

bispo

O Instituto Superior de Teologia de Viseu, que dá atualmente formação a menos de 30 seminaristas, vai fechar no final deste ano letivo, uma situação que está a preocupar o bispo da diocese, Ilídio Leandro.

“Por razões diversas, o ensino da teologia em ordem ao sacerdócio no Instituto Superior de Teologia, que tinha aqui a funcionar as dioceses de Guarda, Lamego, Bragança e Viseu, termina no fim deste ano”, anunciou Ilídio Leandro aos jornalistas.

O bispo explicou que, atendendo à diminuição de alunos e à orientação da Congregação da Educação Católica, em Roma, “a Faculdade de Teologia (da Universidade Católica) decidiu que só ficam a ministrar esta formação teológica em ordem ao sacerdócio os seus três polos de Lisboa, Porto e Braga”.

Atualmente, os bispos das quatro dioceses estão em diálogo com os polos de Braga e do Porto com o objetivo de assegurar “as melhores condições para que os seminaristas possam ter academicamente, e também numa linha de seminário, as melhores condições para continuarem a sua formação teológica”, contou.

Ilídio Leandro avançou também que os quatro bispos decidiram constituir um seminário único, “um tipo de seminário interdiocesano, numa perfeita comunhão, onde haverá um reitor e cada diocese dará um padre”.

O bispo de Viseu garantiu ter defendido quanto pôde a existência de um Instituto Superior de Teologia no centro interior do país.

Lembrou que houve esforços no sentido de que “se fizesse um Instituto Superior de Teologia com Viseu e Coimbra”, sendo que a Coimbra estavam associadas as dioceses de Portalegre, Castelo Branco, Leiria e Aveiro e a Viseu as dioceses de Guarda, Lamego e Bragança.

“O andar da história leva-nos, neste momento, a lamentar que o centro interior fique sem um instituto de formação teológica e um instituto de formação sacerdotal”, frisou.

As quatro dioceses têm neste momento 26 alunos, sendo cinco da diocese de Viseu.

“É um número bastante reduzido. Está um pouco difícil inverter o estado de coisas, dado o número de seminaristas”, admitiu.

Ilídio Leandro disse estar em negociações para que Viseu tenha um curso de Ciências Religiosas da Universidade Católica, responsável pelo “completar da preparação para a habilitação profissional dos professores de Educação Moral e Religiosa Católica” e também por “manter viva a formação de leigos e a formação teológica aprofundada de leigos, concretamente de candidatos ao diaconado”.

A diocese está também a procurar que o edifício do Seminário Maior não fique vazio depois da saída dos alunos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*