CHUC vai ter o primeiro centro de ensaios clínicos de fase I

Posted by

29 protocolo HUC“A investigação clínica ainda está concentrada em determinadas áreas; nós queremos democratizá-la”, afirmou ontem Pedro Monteiro, da Unidade de Inovação e Desenvolvimento do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), no âmbito da comemoração do Dia Internacional do Ensaio Clínico. Neste dia, José Martins Nunes, presidente do conselho de administração do CHUC anunciou a criação de um Centro de Responsabilidade Integrada (CRI) para a investigação clínica e o primeiro “centro de ensaios clínicos de fase I em Portugal para que os doentes do CHUC possam aceder ainda mais precocemente a produtos e serviços inovadores”. A nova unidade pretende tornar a marca CHUC mais competitiva a nível internacional. A instituição formalizou ainda um protocolo de parceria com a Quintiles, uma referência mundial no campo dos CROs (Contract Research Organization).

Para Pedro Monteiro “Portugal está a perder um bocadinho o comboio em termos de desenvolvimento de ensaios clínicos”. Além da questão da competitividade internacional, esta nova visão para a investigação clínica, pretende aumentar o investimento estrangeiro em Coimbra, diminuir a dependência do financiamento estatal, reforçar a qualidade dos cuidados aos doentes e alcançar um lugar de destaque entre os hospitais europeus mais avançados na matéria da investigação.

De acordo com José Martins Nunes, o centro de ensaios clínicos de fase I “deverá estar concluído no final deste ano, entrando em funcionamento em 2014”. A unidade vai funcionar no Hospital dos Covões. Refira-se que esta unidade serve para estudar a segurança dos medicamentos, tendo como população alvo pessoas saudáveis. “Este é o hospital português com maior número de ensaios clínicos”, de acordo com José Martins Nunes. No entanto, os ensaios têm estado concentrados em áreas como a oncologia e cardiovascular.

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.