Vereadores do PS de Santa Comba Dão contra empréstimo de reequilíbrio financeiro

Posted by

605273Os vereadores do PS na Câmara de Santa Comba Dão justificaram hoje o voto contra um empréstimo de reequilíbrio financeiro de 6,5 milhões de euros com o facto de este ter “condições contratuais ruinosas”, que piorariam a situação financeira.

Este empréstimo, proposto pelo presidente da Câmara, João Lourenço (PSD), foi chumbado com os votos dos vereadores do PS e de uma vereadora do PSD.

“Seria mais uma corda com uma pedra a puxar para o fundo do poço”, disse à agência Lusa o vereador Leonel Gouveia, que é também o candidato do PS à presidência daquela autarquia nas próximas eleições.

O empréstimo de reequilíbrio financeiro integra-se num plano mais vasto que inclui o Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), no âmbito do qual o Governo disponibilizará ao município quase 3,7 milhões de euros para que possa pagar 50% das dívidas de curto prazo.

Leonel Gouveia contou que, em 2009, a Câmara contratualizou um empréstimo de saneamento financeiro de 6,5 milhões de euros a 12 anos, com um “spread” de 1,74%, pelo qual está a pagar uma prestação mensal de 65 mil euros.

No entanto, segundo o vereador socialista, com o objetivo de diminuir a prestação mensal, “a Câmara propôs e a comissão de análise do PAEL aceitou transformar este empréstimo num outro, um empréstimo de reequilíbrio financeiro”, com o mesmo montante e um prazo de 20 anos.

 

(Texto: Agência Lusa)

One Comment

  1. António Salvador says:

    Estes "Chuchaliatas" ja se esqueceram que deixaram a Camara totalmente endividada no tempo em que o dr Leonel era vice presidente e que teve de ser esta Camara (que não é da minha cor politica) a tentar remendar todas as porcarias que lá deixaram? Agora votam contra pois as eleições estão próximas e querem novamente o Tacho… Nada irão melhorar mas pelo menos irão garantir a "manjedoura" para os correlegionários rosas. A intenção é apenas essa e não melhorar uma terra que deveria ser VILA e NUNCA cidade…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*