Marca histórica de colchões equaciona fábrica em Angola

Posted by

25 molaflexA Molaflex, fábrica de colchões com 165 trabalhadores, está a projetar a construção de uma unidade fabril em Angola.

O diretor-geral da empresa portuguesa, Victor Marinheiro, adianta que as vendas internacionais da Molaflex representam 60% da faturação global, mas que, com “a contração económica em Espanha”, país para onde exportam desde 2009, estão “já a reforçar as operações noutros mercados”, como é o caso de Angola, onde preveem construir uma fábrica em 2017 ou 2018.

 

Mais de seis décadas de história em Portugal

Com 62 anos de história, a já emblemática Molaflex, com sede em São João da Madeira, no norte do distrito de Aveiro, decidiu há quatro anos alterar a forma de encarar a abordagem do negócio – principalmente voltado para o mercado interno – avançando para Espanha, mas também para países dos PALOP, de que são exemplos Angola, Cabo Verde e Moçambique.

 

Ver versão completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.