Sócios da Casa Cor-de-Rosa decidem abandonar Diocese

Posted by

04-casa-cor-de-rosa“Mais de três quartos” dos sócios do Centro Sócio-Cultural de Nossa Senhora de Lurdes, reunidos no sábado em assembleia-geral extraordinária, decidiram desvincular a instituição da tutela da Diocese de Coimbra. Contactada pelo DIÁRIO AS BEIRAS, fonte da Diocese escusou-se a tecer qualquer comentário a esta decisão.

A assembleia de sábado mandatou os órgãos sociais daquela instituição, conhecida por ‘Casa Cor-de-Rosa’, para, no “prazo de três meses”, elaborarem uma proposta de alteração aos estatutos, disse, à Lusa, Pedro Nogueira, membro da mesa da assembleia-geral.

Neste contexto, o centro manterá a sua condição de IPSS (instituição particular de solidariedade social), mas “sem ligação à Igreja”.

Durante o processo resultante da alteração dos estatutos (cuja nova versão terá de ser apreciada pela assembleia-geral) “imperará o bom senso”, pois “nenhuma das partes quererá pôr em causa os utentes” da instituição, salientou aquele responsável.

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.