Ortopedistas de Aveiro e Coimbra acusados de recusa de auxílio

Posted by

03 HOSPITAL DE AVEIRO DRComeçaram a ser julgados ontem, no Tribunal de Aveiro, três ortopedistas num processo de um homem que, alegadamente, esteve dez horas com uma fratura exposta à espera de ser operado.

Em causa estão dois clínicos que, na ocasião, trabalhavam no Hospital de Aveiro, e um médico dos Hospitais da Universidade de Coimbra, que estão acusados do crime de recusa de médico, punível com pena de prisão até cinco anos.

O caso remonta a uma noite de maio de 2007, quando um cidadão bielorrusso deu entrada no hospital de Aveiro cerca das 23H30, vítima de um acidente de viação, apresentando várias lesões no braço direito, incluindo uma fratura exposta do cotovelo.

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*