Opinião – Os pescadores da Praia de Mira

Posted by

Rita RatoRita Rato

Os pescadores da Praia de Mira são daqueles homens que trazem a vida marcada nas mãos. São homens que desde há muitos anos se fazem ao mar com uma coragem imensa para dar de comer aos filhos, sem nunca saberem como vai ser o regresso.

São gerações e gerações de homens nascidos e criados para pescarem a sua sobrevivência, enfrentando a força do mar e o seu destino.

Homens que nunca viraram as costas ao mar e às suas gentes. Que nunca desistiram de sair para o mar para fazer aquilo que é mais do que um ganha-pão, é a sua vida.

Uma das expressões mais claras das consequências ruinosas da adesão de Portugal à União Europeia é a destruição do setor das pescas.

Os princípios e objetivos da Política Comum das Pescas são profundamente gravosos para a economia nacional. Apesar de termos a maior zona económica exclusiva da Europa, aos pescadores portugueses é vedada a possibilidade de exploração adequada e justa dos nossos recursos naturais. Ao longo dos anos, sucessivos governos do PS, PSD e CDS promoveram o abate das embarcações e a abertura da zona económica exclusiva a frotas estrangeiras, concretizando uma política criminosa para o país.

Num recente relatório aprovado pelo Parlamento Europeu, onde se decidiu parte fundamental da futura Política Comum das Pescas, os eurodeputados do PCP alertaram para os resultados ruinosos que resultariam para o nosso país: “esta proposta não resolve os principais problemas com que as pescas nacionais se confrontam, e pode inclusivamente gerar novos problemas para os segmentos da pesca de pequena escala […] tendo sido eliminada qualquer referência a este segmento da frota”.

Apesar das traições de sucessivos governos da política de direita, há neste país homens e mulheres que não desistem de lutar pelo Mar como alavanca de desenvolvimento regional e nacional. Os pescadores de Mira não desistem de lutar e alertam-nos para a necessidade de proteger e excecionar a arte xávega, reduzir os custos dos fatores de produção e assegurar o sustento de dezenas de famílias.

Os pescadores da Praia de Mira são homens de coragem. Merecem, tal todos os pescadores do nosso país, o nosso profundo respeito.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*