Museus do Centro alargam horário de funcionamento

Posted by
Arquivo - Luís Carregã

Arquivo – Luís Carregã

 

As estruturas museológicas que integram a Rede de Museus do Centro vão alargar o seu horário de funcionamento a partir de 01 de abril (segunda-feira), passando a estar abertos à hora de almoço e até às 19H00.

O alargamento do período de funcionamento dos sete museus que integram a Rede de Museus do Centro/Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC) visa, essencialmente, conquistar mais visitantes, disse à agência Lusa a diretora da DRCC, Celeste Amaro.

Os museus de Aveiro e Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco, e o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em Coimbra, já estão abertos à hora de almoço e desde que adotaram esta prática registaram aumento de visitantes, particularmente o de Castelo Branco, sublinhou aquela responsável.

O funcionamento dos museus, ininterruptamente, entre as 10H00 e as 19H00, entre terça-feira e domingo, só é possível “graças à adesão fantástica dos funcionários”, que passarão a cumprir horários desfasados, salientou Celeste Amaro.

A rede de Museus do Centro/DRCC é integrada pelos museus de Aveiro, da Guarda, de José Malhoa e da Cerâmica (nas Caldas da Rainha), Joaquim Manso (Nazaré), Francisco Tavares Proença e Mosteiro de Santa Clara-a-Velha.

Na “sexta-feira santa, no sábado e no domingo de Páscoa” (dias 29, 30 e 31 de março), a DRCC vai vender, nos seus museus, “edições de qualidade, livros de cultura e de arte, música e CD”, em troca de “um contributo solidário”.

A iniciativa, “em prol dos mais carenciados”, além de tornar acessível ao público “obras de qualidade”, editadas pela DRCC e pelas sete instituições que, na região Centro, integram a Rede Portuguesa de Museus, pretende assumir-se também como “uma forma de contribuir para a sociedade civil, em tempos de crise”, disse Celeste Amaro.

As receitas reverterão “integralmente a favor da Cáritas Diocesana” da região em que se integra cada um dos museus, tendo cada um cerca de um milhar de edições à venda.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*