Mineiros da Panasqueira são “os mais mal pagos do setor”

Posted by

ng1669038O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, defendeu hoje um aumento gradual de salários nas Minas da Panasqueira, Covilhã, onde, conforme assinalou, estão “os trabalhadores mais mal pagos do setor”.

O dirigente falava após uma reunião com a administração da empresa Sojitz Beral para discussão do caderno reivindicativo apresentado pelo sindicato, mas que terminou sem acordo.

“Estes trabalhadores são os mais mal pagos no setor mineiro”, referiu Arménio Carlos, ao justificar a posição do sindicato mineiro da CGTP para, “de forma gradual”, serem melhoradas “as condições de trabalho e de vida” na Panasqueira.

O caderno reivindicativo defende 55 euros de aumento salarial, um acréscimo de três euros por dia ao subsídio de alimentação e a passagem de trabalhadores a prazo a efetivos.

Por seu lado, a Sojitz Beral propôs um aumento de 5,03 por cento, que diz representar “um esforço tremendo” face à previsão de 4,5 milhões de euros de resultado negativo para este ano, refere, em comunicado.

A empresa diz estar a ser prejudicada com a descida de 37% da cotação do volfrâmio, minério extraído na Panasqueira, entre junho de 2011 e dezembro de 2012.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*