Enfermeiros do Centro Hospitalar Tondela Viseu exigem igualdade de direitos

Posted by

754837Mais de três dezenas de enfermeiros com Contrato Individual de Trabalho concentraram-se hoje em frente ao hospital de Viseu e exigiram igualdade de direitos relativamente aos seus colegas com Contrato de Trabalho em Funções Públicas.

Depois de um plenário realizado hoje de manhã e de tentarem entregar um abaixo-assinado ao conselho de administração do Centro Hospitalar Tondela Viseu, os enfermeiros deslocaram-se para a entrada do edifício, levando faixas com as inscrições “Pela igualdade de direitos” e “Enfermeiros em luta”.

“Neste hospital, como noutros no país, os enfermeiros que têm Contrato Individual de Trabalho são remunerados abaixo dos 1.201,48 euros”, que é a remuneração mínima no Serviço Nacional de Saúde para 35 horas semanais de trabalho, explicou à agência Lusa Alfredo Gomes, da direção regional da Beira Alta do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

Segundo o dirigente sindical, cerca de 300 enfermeiros do Centro Hospitalar Tondela Viseu, ou seja, quase metade, têm Contrato Individual de Trabalho, o que gera “desigualdades nos serviços”.

“Neste centro hospitalar até temos uma coisa caricata: enfermeiros que têm 3/4 anos de serviço e Contrato de Trabalho em Funções Públicas a ser remunerados por 1.201,48 euros e enfermeiros que têm dez anos de serviço e Contrato Individual de Trabalho a ganhar 1.020 euros”, lamentou.

Márcia Campos, que trabalha há oito anos com Contrato Individual de Trabalho, 40 horas por semana, é uma das enfermeiras que se sente “injustiçada”.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.