Carrosséis vão à Feira de Março após acordo com Parque de Exposições de Aveiro

Posted by

A Associação Portuguesa de Empresas de Diversão (APED) e a Aveiro-Expo, empresa maioritariamente de capitais municipais que gere o Parque de Feiras, chegaram hoje a acordo para garantir a presença de carrosséis na Feira de Março.

Em comunicado conjunto, subscrito pelo diretor da Aveiro-Expo, Diogo Soares Machado, e pelo presidente da APED, Luís Paulo Fernandes, informam que “estão garantidas todas as condições para a realização do secular certame entre 22 de março e 28 de abril, no Parque de Exposições de Aveiro”.

O anúncio do acordo, cujos termos não são revelados, surge após “um extenso processo negocial, realizado ontem e hoje, em que a Aveiro-Expo, EM e a APED revelaram total colaboração e boa-fé, para que fosse atingida uma plataforma de entendimento que deixa satisfeitas ambas as partes”.

Os proprietários de diversões itinerantes estiveram três dias em protesto junto à Câmara de Aveiro e às instalações da Aveiro-Expo, e ameaçaram com a sua ausência da secular Feira de Março.

Em causa, segundo Luís Paulo Fernandes, estava o “valor exorbitante” cobrado pela ocupação do espaço (24,5 euros por metro quadrado) e a possibilidade de verem unilateralmente alteradas as plantas de localização, mesmo depois de feito o pagamento.

A Associação Portuguesa de Empresas de Diversão aproveitou o protesto de Aveiro para insistir nas reivindicações já apresentadas em janeiro nas manifestações de Lisboa.

É o caso do IVA a 23%, que pretendem seja aplicado à taxa reduzida de seis por cento, “como acontece nos outros países europeus”, da “concorrência desleal” das instalações fixas de diversão, e da imposição da “lei das faturas” que afirmam ser impraticável.

 

Autor: Agência Lusa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.