Cáritas de Coimbra encerra apoio a toxicodependentes em bairro de Coimbra

Posted by

ALeqM5iEj9p6QuxdNgs1pyqmW5PGx9dDNwA Cáritas de Coimbra vai encerrar o serviço de apoio a toxicodependentes do Bairro da Rosa, o que “prejudicará a saúde pública da comunidade”, disse o presidente da instituição.

O padre Luís Costa disse à agência Lusa que a equipa de rua de apoio a toxicodependentes, constituída por duas técnicas, “não funcionará mais” após domingo, dia em que termina um programa iniciado há quatro anos.

“Este encerramento acaba por afetar a saúde pública”, adiantou o responsável da Cáritas Diocesana de Coimbra, considerando que, face a esse desfecho, “a comunidade também se deve sentir responsabilizada”.

Além do aconselhamento, o projeto do Bairro da Rosa, que integra uma técnica de serviço social e uma animadora social, assegurava aos toxicodependentes a troca de seringas, a administração de medicação, a higiene pessoal e o fornecimento de preservativos, entre outros serviços.

“A nossa ação é absolutamente necessária” em defesa da saúde pública naquela zona da cidade, realçou, admitindo que o serviço em causa era prestado, desde 2009, ao abrigo de “um programa de saúde pública primária”, estabelecido entre a Cáritas e o antigo Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT).

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.