APRe quer ter assento no Conselho Económico e Social

Posted by

06 APRE LCA APRe – Associação de Aposentados, Pensionistas e Reformados empossou ontem, em Coimbra, no café Santa Cruz, os seus corpos sociais, numa altura em que se prepara para prosseguir uma preenchida agenda de luta contra as medidas governamentais que considera lesivas dos direitos básicos dos seus associados.

O aumento do número de sócios – dos atuais três mil para 50 mil até final do ano, através da campanha “Venham mais cinco” –, o envio de uma queixa ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem relativa aos subsídios do ano passado, a petição que quer ver debatida ainda este mês em plenário na Assembleia da República (AR), a tomada de posição relativa à decisão que se aguarda do Tribunal Constitucional (TC) no que respeita ao OE de 2013 e ainda a entrada no Conselho Económico e Social fazem parte da agenda prioritária da APRe.

 

Ver versão completa na edição impressa

3 Comments

  1. josé a. tomaz says:

    Na qualidade de reformado e após 50 anos de descontos,vejo-me espoliado dos direitos fundamentais. Apoio incondicional ao movimento.Pretendo associar-me. Por favor indiquem condições de acesso e pagamento. Após inscrição vou divulgar.
    Bem hajam. Cpm.José A. Tomaz

  2. jose malvarez says:

    peço mais informação para aderir

  3. Jacinto Guimarães says:

    Estou reformado após uma carreira contributiva de 50 anos, nunca dependi do estado e pelos dedos das mãos contan-se os dias que estive com baixa, sempre me foi dito que quanto mais tempo descontasse melhor para a reforma, sinto por esse motivo que estou a ser espoliado.
    Gostaria de saber como aderir ao movimento.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*