AAC recebe prémio de melhor da Europa em desporto universitário

Posted by
DR

DR

A Associação Académica de Coimbra recebe no sábado, no Funchal, o prémio de Melhor da Europa em Desporto Universitário, que, segundo o presidente Ricardo Morgado, é mais um contributo para a candidatura aos Jogos Europeus Universitários (EUSA) de 2016.

“É a terceira vez consecutiva que recebemos este prémio, que, só por si, é um argumento forte de que temos provas dadas no desporto universitário e estamos preparados para receber os jogos europeus”, disse à agência Lusa o líder estudantil, que se encontra na Ilha da Madeira a participar na Assembleia Geral da Associação Europeia de Desporto Universitário, a decorrer até domingo.

O presidente da Associação Académica de Coimbra adiantou ainda que se encontrou hoje com o Comité Executivo da Associação Europeia de Desporto Universitário para “conhecer melhor os seus elementos, trocar palavras” e oferecer os símbolos tradicionais os estudantes: a capa e a pasta académica.

No encontro, participaram ainda o reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva, e o presidente da Câmara Municipal, João Paulo Barbosa de Melo, que defenderam a candidatura da cidade à organização dos Jogos EUSA 2016.

O Comité Executivo é o órgão executivo que decidirá entre Coimbra ou Zagreb quem vai organizar a terceira edição dos Jogos Europeus Universitários, cuja decisão será conhecida a 01 de junho deste ano.

Na terça-feira, o Presidente da República manifestou o seu apoio institucional à candidatura oficial de Portugal à organização em Coimbra dos Jogos Europeus Universitários de 2016, o maior evento multidesportivo europeu ao nível universitário.

Portugal candidata-se à terceira edição dos EUSA Games, que se realizaram em Córdova, Espanha, em 2012, e terão lugar em Roterdão, no próximo ano.

A candidatura reúne as oito modalidades previstas no programa da EUSA (andebol, badminton, basquetebol, futebol, futsal, ténis, ténis de mesa e voleibol) e quatro modalidades opcionais (judo, remo, râguebi e voleibol de praia).

O evento envolve mais de 3.000 participantes, de todos os cantos da Europa, e segundo a organização envolve um investimento de 2,9 milhões de euros.

3 Comments

  1. Prémio com grande significado e que muito honra a cidade e o país. Note-se que quem ganhou o prémio foi a AAC, através das suas Secções, e não qualquer organismo autónomo, de futebol ou chinquilho, que vá usando, furtivamente, parte do nome da grande academia.

  2. PARABENS !

  3. Passaroco do Mondego says:

    É sempre bom ver reconhecida a valia e a grandeza da nossa emblemática instituição, e do trabalho que tantos desenvolvem, tantas vezes sem o reconhecimento merecido.
    Viva a AAC em todas as suas vertentes!!!… Vivam todos os que dela fazem símbolo e bandeira de todo o seu esforço e virtudes!!
    Discussões sobre o OAF, que não são na verdade pertinentes em momentos como este, requerem honestidade intelectual e muito conhecimento histórico, factual, do que levou à sua criação, e também daquilo que está na origem de algum distanciamento. Infelizmente a sede de protagonismo, os interesses pessoais, e a considerável falta de princípios têm dado nisto : críticas e mais críticas, sem qualquer apresentação de alternativas e ou propostas viáveis.
    Viva a AAC !!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.