Região Centro apoia microempresas do interior com 7,5 milhões de euros

ccdr centro

O programa Mais Centro abriu esta segunda-feira um concurso para apoiar, com 7,5 milhões de euros, projetos de desenvolvimento de microempresas “localizadas em territórios com problemas de interioridade”, anunciou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC).

O concurso, promovido no âmbito do Sistema de Incentivos de Apoio Local a Microempresas (SIALM), destina-se a apoiar projetos de desenvolvimento de microempresas, que envolvam a “realização de investimento e a criação de postos de trabalho”, adianta a CCDRC, numa nota divulgada.

“Integrado no ‘Programa Valorizar’ e com uma dotação global de 7,5 milhões de euros para a Região Centro, o SIALM pretende contribuir para a criação ou fixação de emprego em locais com forte propensão para a desertificação”, sublinha a mesma nota.

O combate ao “desemprego, especialmente o juvenil, intensificando significativamente os apoios dirigidos à contratação de jovens entre os 18 e os 30 anos, desempregados ou à procura do primeiro emprego” é também objetivo do concurso.

“Trata-se de um sistema extremamente simples, direcionado para esbater as assimetrias territoriais”, assegura Pedro Saraiva, presidente da CCDRC, citado na mesma nota.

“Admitindo um incentivo médio de dez mil euros por cada candidatura, existe disponibilidade orçamental para aprovar 750 microempresas que apostem num dos 59 concelhos do interior do Centro de Portugal”, salienta Pedro Saraiva.

A apresentação de candidaturas, aberta hoje, “processa-se, em contínuo, até 09 de dezembro de 2013”, acrescenta a CCDRC, que vai promover, até final de fevereiro, sessões de esclarecimento sobre o concurso, designadamente, em Miranda do Corvo (hoje, a partir das 19:00, no auditório da Câmara Municipal), em Castelo Branco, Fundão, Abrantes, Pampilhosa da Serra, Guarda e Trancoso.

 

Texto Agência Lusa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*