Reformados protestaram hoje em Lisboa

Posted by

idosos[1]

Mais de meia centena de reformados estiveram hoje concentrados em frente ao Ministério da Solidariedade Social, em Lisboa, em protesto contra os corte nas pensões e para exigir medidas de combate ao “terror social” que afeta os idosos.

“A luta continua, o Governo para a rua”, “as reformas a baixar e os lucros a aumentar” foram algumas das palavras de ordem mais ouvidas no protesto convocado pela Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos (MURPI), para assinalar o dia em que os reformados foram confrontados com os cortes nas pensões.

Em declarações à agência Lusa, o presidente do MURPI, Casimiro Menezes, disse que este “é um dia de protesto contra os cortes que este Governo faz em relação aos reformados”, lembrando que “todas as pensões foram atingidas, devido às medidas de austeridade”.

Além dos cortes nas pensões e nos rendimentos, os reformados “são confrontados no dia a dia com dificuldades no acesso à saúde e à mobilidade”, comentou Casimiro Menezes.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*