Principal arguido do grupo “máfia do Oeste” condenado a oito anos de prisão

Posted by

tribunalO coletivo de juízes do Tribunal de Leiria condenou hoje o principal arguido do grupo “máfia do Oeste” a oito anos e quatro meses de prisão, em cúmulo jurídico, pelos crimes de associação criminosa, burla qualificada e falsificação de documentos.

O tribunal de Leiria deu como provados a maioria dos factos que constavam na acusação do Ministério Público, considerando que os arguidos “agiram de forma livre e consciente” e em “comunhão de esforços para garantir benefícios” em proveito próprio.

Apenas os arguidos Vicenzo Parasieite, Giovanni Lo Re e João Pedro estiveram presentes na leitura do acórdão, lido em menos de uma hora, uma vez que os advogados abdicaram de ouvir parte do seu conteúdo.

O coletivo de juízes entendeu condenar todos os arguidos, embora apenas três tenham de cumprir prisão efetiva.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*