Portugal coloca 1.500 ME de dívida a juros mais baixos a 3 e 12 meses

NOTAS EURO

O Estado colocou esta quarta-feira a totalidade dos 1.500 milhões de euros de dívida no mercado, pagando juros mais baixos a três e 12 meses do que nas últimas operações com prazos semelhantes.

De acordo com o IGCP – agora chamado Agência de Gestão de Tesouraria e da Dívida Pública desde que foi convertido em empresa pública –, a operação com o prazo mais longo de Bilhetes de Tesouro, a 12 meses, conseguiu arrecadar 1.155 milhões de euros a uma taxa de juro média de 1,277% (inferior ao juro de 1,61% conseguido em janeiro), numa operação onde a procura superou a oferta em 2,35 vezes.

Com os BT a três meses, o IGCP colocou, por sua vez, 345 milhões de euros, mais 45 milhões de euros do que o previsto, a um juro de 0,737%, ligeiramente acima dos 0,67% do último leilão comparável.

A procura de bilhetes a três meses superou a oferta em 2,4 vezes, quando em janeiro (último leilão comparável) tinha sido de 3,7 vezes.

 

Texto Agência Lusa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.