Opinião – Coimbra: uma cidade produtora de Cultura

Posted by

Helder_rodriguesHélder Rodrigues

1. Actividade Cultural em Coimbra

Na classificação de Coimbra como uma das “70 cidades inteligentes da Europa”, o Factor Actividade Cultural obteve uma boa classificação.

É nossa convicção que Coimbra é a cidade que em Portugal, exceptuando Lisboa e Porto, tem a melhor actividade cultural dirigida à população. Não foi por acaso que a Câmara Municipal de Coimbra, através do seu Departamento Cultural, venceu o Prémio de Melhor Programação Cultural Autárquica 2011, a nível nacional. Estamos perante um fenómeno notável que merece ser realçado.

 

2. Eventos culturais em Coimbra no fim de semana

Sábado,quando cheguei ao café, folheei os jornais locais. Procurava que eventos culturais havia em Coimbra nesse fim de semana. Como sempre, havia uma oferta cultural elevada!

-O Teatrão-OMT estava a realizar um Ciclo de Teatro, durante 10 dias, com a participação de Grupos de Teatro do Baixo Mondego, com espectáculos todos os dias. Ao mesmo tempo colocava, nessa tarde de sábado, especialistas a debater “Estrategias para uma Cultura Regional”.

-No Café Santa Cruz havia o lançamento de livro singular “Alguma Dor cura a Alma”, de Carlos Ferreira.

-No Museu da Ciência, integrado no Ciclo “Sábados no Museu”, realizava-se um atelier onde se ensinava ciência às crianças.

-No Teatro da Cerca de S. Bernardo, uma peça de teatro de Bosco Brazil, pela Escola da Noite

-Na Casa Municipal da Cultura uma conferência sobre o amor, por uma jovem escritora e a inauguração de uma exposição de pintura.

-No Recordatório da Rainha Santa, nesse espaço tão devotado à Cultura, uma sessão de poesia

-No Dolce Vita e no Forum, 16 modernas salas exibiam, como habitualmente o que de melhor se faz em cinema a nível mundial.

 

3. Um grande número de agentes culturais

Isto era, todavia, uma pequena amostra, pois os agentes culturais em Coimbra são inúmeros e variados. Só para referir alguns: Universidade de Coimbra e AAC (com os seus múltiplos Departamentos, Organismos e Secções), TAGV, Turismo de Coimbra, OCC, Conservatório de Musica, Casa da Escrita, Quinta das Lágrimas, Almedina Estádio, Livraria Bertrand, Livraria Edições Minerva, FNAC, Bonifrates, ACM, Ateneu de Coimbra, Salão Brasil, Galeria de Santa Clara, Portugal dos Pequenitos, Fila K, Antigos Orfeonistas, Alma de Coimbra, Antigos Tunos, inúmeros grupos de Fado, mais de duas dezenas de grupos Corais, Museu Machado de Castro, Museu do Chiado, Museu Municipal, Exploratório, Lápis de Memórias, etc.

Literatura, poesia, música, cinema, teatro, dança, ópera, artes plásticas, mas também a análise, o debate e a difusão ideias na ciência, política, economia, sociedade, são postas à disposição do público de forma alargada e generosa. Não restam dúvidas. Perante este magnífico panorama, Coimbra faz juz ao seu epíteto: uma cidade produtora de Cultura.

 

4. Coimbra agradece reconhecida

Dezenas de agentes culturais e milhares de pessoas, de forma generosa e solidária colocam as suas ideias, vocações, capacidades e disponibilidades ao serviço da população. Contribuindo para uma visão mais alargada do mundo. Fomentando o espírito de grupo, a coesão social, a inovação, a criatividade e a cidadania. Concorrendo para o destino último do ser humano; o seu bem estar e felicidade.

Que magnífico exemplo de partilha. Coimbra agradece, reconhecida, a sua dedicação e o seu notável trabalho!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*