Lar/residência para deficientes da Santa Casa da Misericórdia em Mortágua concluído em março

MORTÁGUA - DR

A Santa Casa da Misericórdia de Mortágua tem em curso a construção de um lar/residência para deficientes, orçado em 1,2 milhões de euros, que estará concluído em março, informou hoje o provedor da instituição, José Júlio Norte.

“Vamos ter capacidade para 24 utentes em regime de internato e ainda mais 24 lugares para o centro de atividades ocupacionais (CAO)”, revelou o provedor à agência Lusa.

De acordo com José Júlio Norte, a valência vai albergar utentes portadores de deficiências de Mortágua e da região, maiores de 16 anos.

“Haverá um sistema de transportes para os utentes das atividades ocupacionais, que serão recolhidos porta a porta de manhã e levados a casa no final do dia”, explicou.

O projeto, que “está em fase de conclusão, com uma taxa de execução de 93 por cento”, é comparticipado em 75 por cento pelo POPH medida 6.12.

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mortágua sublinha que serão criados 22 novos postos de trabalho diretos e ainda outros 10 indiretos.

“Falta agora garantir os acordos de cooperação da nova valência, para que se possa começar a recrutar pessoal”, acrescentou.

A Santa Casa da Misericórdia de Mortágua foi fundada em 1948, tendo arrancado em 1992 coma valência do lar de idoso, que acolhe atualmente 55 utentes.

Conta ainda com um centro de dia com 42 idosos e tem 57 idosos com apoio domiciliário.

Frequentam a creche da instituição 27 crianças, outras 40 as atividades de tempos livres, sendo ainda prestado apoio familiar a 142 crianças do pré-escolar.

Serve ainda 81 refeições diárias nas cantinas sociais, “embora só estejam protocoladas 65”, conclui

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.