Falsificava documentos para extorquir dinheiro

Posted by

08 TRIBUNAL COIMBRA LC  (3)Um homem de 74 anos começa hoje a ser julgado no Tribunal de Coimbra. O arguido está acusado de dois crimes de extorsão, na forma tentada, seis crimes de falsificação de documentos e quatro crimes de denúncia caluniosa. No banco dos réus está também sentado um empresário de 59 anos acusado de um crime de extorsão, na forma tentada, e um crime de falsificação de documentos. O terceiro arguido é um empresário de 47 anos e que está acusado de um crime de extorsão, na forma tentada, e um crime de falsificação de documentos.

Segundo a acusação, a que o DIÁRIO AS BEIRAS teve acesso, o arguido senior terá forjado em 2010 uma declaração e confissão de dívida de um antigo sócio no valor de 35 mil euros. Com este documento, o arguido solicitou junto do empresário de 59 anos para escrever uma carta onde se arrogava “legítimo portador do reconhecimento da dívida” e a exigir o pagamento daquela dívida, mais quatro por cento de juros. A carta chegou aos herdeiros do antigo sócio, pois devido a razões de anomalia psíquica foi-lhe declarada “interdição” pelo tribunal do Barreiro. A opção da família foi participar criminalmente da carta.

 

Ver versão completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.