EmpoDer Delas pela igualdade de género

Posted by

 MUPIE_MTH

As leis existem e, em princípio, são boas. Mas, nesta matéria, como noutras, a mudança não se decreta, promove-se, trabalha-se, conquista-se. Insiste-se nela, até acontecer. É também nesse trabalho e nessa conquista que são exemplo as 15 mulheres que aceitaram dar rosto a uma parte fundamental – a que se exprime na arte do fotógrafo Pedro Medeiros – do projeto a que a Associação Saúde em Português chamou EmpoDer Delas, apoiado pelo Programa Operacional do Potencial Humano através da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e destinado a promover essa igualdade na vida pública portuguesa.

Entre as diversas iniciativas que integra – destinadas a promover a sensibilização e consciencialização da comunidade em geral –, destaque para aquela que irá chegar ao público através da fotografia de Pedro Medeiros, o fotógrafo de Coimbra que já tinha dado forma a Mercadoria Humana – Projeto de Sensibilização em Tráfico de Seres Humanos, também promovido pela Saúde em Português.

Integrada no programa alargado da XV Semana Cultural da Universidade de Coimbra e destinada a marcar especialmente o Dia Internacional da Mulher, a exposição “reescrita”, fotografia de Pedro Medeiros, abre a 8 de março, às 18H00, na Sala de S. Pedro da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, onde estará patente até 8 de abril. Para ver, uma exposição composta por 15 fotografias – retratos a preto e branco – de mulheres que aceitaram dar rosto ao projeto: Inês Pedrosa, Irene Flunser Pimentel, Isabel do Carmo, Joana Vasconcelos, Maria Manuela Cruzeiro, Manuela Tavares, Margarida Medina Martins, Maria de Belém Roseira, Maria José Magalhães, Maria Teresa Horta, Marisa Matias, Raquel Freire, Rita Rato, Sara Falcão Casaca e Virgínia Ferreira.

Iniciado em novembro de 2011 para decorrer durante 23 meses, o programa prevê, de acordo com uma nota da Saúde em Português – Associação de Profissionais de Cuidados de Saúde dos Países de Língua Portuguesa, com sede em Coimbra, a realização de diversas atividades de “sensibilização para a necessidade de aumentar a participação ativa das mulheres na esfera política, pública e associativa”. Entre essas atividades, decorreram entre setembro e outubro de 2012, ações de sensibilização junto da comunidade estudantil sob o lema “A política não é só para meninos!”, encontrando-se ainda a decorrer um ciclo de cinema e debate.

A partir de 8 de março, a cidade vai despertar para o projeto EmpoDer Delas, não só através da exposição “reescrita”, mas também com as mensagens fotográficas que irão marcar o espaço público.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.