De costas não dá para dançar o bailinho da Madeira

ACADEMICA MARITIMO CJM

Terceira derrota consecutiva para a Académica, que ontem levou um verdadeiro “bailinho” no capítulo do contra-ataque. Os estudantes sofreram três golos da mesma maneira, com as bolas a serem colocadas nas costas da defesa.

A formação insular entrou bem no encontro e adiantou-se aos seis minutos, por Danilo Dias, ampliando aos 24, por Artur, antes de Edinho, em cima do intervalo, reduzir e deixar tudo em aberto para a segunda parte.

Um golo de Sami, no arranque da etapa complementar (49), deitou por terra as aspirações de reviravolta dos “estudantes”, que ainda viram Wilson Eduardo, no último minuto de compensações, reduzir para 3-2.

Com este triunfo, o Marítimo recuperou o sexto lugar da tabela classificativa, agora com 28 pontos, menos um do que o quinto, o Rio Ave, enquanto a equipa de Coimbra mantém-se no 12.º lugar, com 20 pontos, mais cinco do que os dois últimos classificados,

 

One Comment

  1. maria luisa says:

    Até o Cascalheira ganha à actual Académica…, que tristeza!!!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*