Biblioteca da Universidade de Coimbra é motivo de orgulho e referência internacional, diz Cavaco Silva

biblioteca geral

O Presidente da República considerou que a comemoração dos 500 anos da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra representa um motivo de orgulho e uma referência internacional para o mundo académico lusófono.

A comemoração dos 500 anos da Biblioteca Geral representa “um motivo de orgulho” para os portugueses e “uma referência internacional de valor incalculável, muito especialmente no mundo académico lusófono”, considerou o Presidente da República.

Numa carta enviada hoje ao reitor da Universidade de Coimbra, Cavaco Silva congratulou-se com a celebração de uma data “tão importante” quer para história do país, quer para a história das instituições universitárias na Europa e no mundo.

Herdeira da Casa da Livraria, mencionada numa ata de 12 de fevereiro de 1513, quando a Universidade portuguesa funcionava em Lisboa, a Biblioteca Geral promove, a partir de hoje (dia 12), um programa comemorativo do 500 anos, que termina com um congresso internacional, em janeiro de 2014.

O Presidente da República destacou que a Biblioteca da Universidade de Coimbra tem sido um “instrumento privilegiado da cultura, do saber e da arte”, sobretudo “após a construção das magníficas instalações com que a dotou o rei D. João V”.

Cavaco Silva sublinhou ainda que passaram pela Biblioteca alguns “dos grandes mestres da Renascença europeia”, que nela estudaram “sucessivas gerações da elite nacional” e que nela se formaram muitos dos que “viriam a fundar e a contribuir para o desenvolvimento dos Estados que integram hoje a comunidade lusófona”.

 

Texto Agência Lusa

One Comment

  1. Orgulho talvez, Vergonha é o BPN para todos nós que o estamos a pagar com os nossos impostos e salários!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.