Assembleia Municipal viabiliza venda de hotel da Lousã por um euro

Posted by

23 melia

A Assembleia Municipal da Lousã (AML) aprovou hoje a alienação da participação da autarquia no capital do hotel Palácio da Lousã, permitindo a sua venda por um euro a um fundo de recuperação de empresas do setor.

Há dez anos, a Câmara da Lousã, na época liderada por Fernando Carvalho, do PS, aplicou 250 mil euros na Serra da Lousã – Atividades Turísticas e Hoteleiras, significando a deliberação da Assembleia Municipal, por proposta do executivo, que o município prescinde agora daquela verba.

Ao alienar os 4,67% que detinha no capital social da empresa, o município, por decisão da AML, tenta evitar a insolvência da sociedade e “todas as consequências negativas” para a economia local, designadamente ao nível do emprego.

O Meliá Palácio da Lousã Boutique Hotel, fundado por membros da família Mexia, proprietários do imóvel que pertenceu à Viscondessa do Espinhal, deverá ser vendido pelo preço simbólico de um euro ao Findings XVI – SPGS, uma sociedade anónima detida pelo Fundo Discovery Portugal Real Estate.

Informação completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*