“2013 será um ano com dificuldades nas reservas de sangue”

Posted by

ng1993731O presidente do Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) manifestou-se preocupado quanto à manutenção das reservas de sangue necessárias durante o ano, admitindo que 2013 será um período de dificuldades.

“Nos próximos meses o IPST tem um desafio muito grande para manter as reservas de sangue”, afirmou Helder Trindade na Comissão Parlamentar de Saúde.

Segundo o responsável, janeiro e fevereiro são classicamente meses “difíceis”, de menos dádivas, mas a isto acresce a situação social e económica dos cidadãos.

 

Ver versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.