Tribunal de Idanha-a-Nova começa a julgar acusado de duplo homícidio a 25 de fevereiro

Posted by

714B837CC2D9A084B58940376DD553O Tribunal de Idanha-a-Nova vai começar a julgar a 25 de fevereiro o empreiteiro de 62 anos acusado de assassinar a presidente da junta de freguesia de Segura e o marido, disse fonte judicial à Lusa.

A primeira sessão do julgamento está marcada para as 09H00.

José Torres está acusado de dois crimes de homicídio qualificado e aguarda o julgamento em prisão preventiva.

O arguido entregou-se com uma caçadeira na manhã de 12 de junho de 2012, no posto da GNR da Zebreira, depois de alegadamente ter disparado sobre Lurdes Sobreiro, de 55 anos, e o marido José Sobreiro, de 59.

Os crimes terão acontecido no edifício da junta de freguesia de Segura, pelas 10H30.

A autarca foi atingida com um tiro na cabeça, enquanto o marido, que estava também na sede da junta, foi alvejado no peito.

Em causa estariam desentendimentos entre José Torres e a Lurdes Sobreiro em relação à deposição de entulho de obras em locais indevidos, refere a acusação.

 

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*