Teatro Viriato aposta em parcerias artísticas nacionais e internacionais

Posted by

teatro viriato DR

O Teatro Viriato, de Viseu, vai, nos próximos meses, apostar em parcerias artísticas nacionais e internacionais, de que é exemplo o projeto lusófono de teatro jovemK Cena”.

Durante uma conferência de imprensa realizada hoje, o diretor-geral e de programação do Teatro Viriato, Paulo Ribeiro, considerou “K Cena” um projeto “da maior importância”, que junta “encenadores de grande estirpe, de grande inspiração”, de Portugal (Viseu), Cabo Verde (Mindelo) e Brasil (Salvador da Baía).

Graeme Pulleyn (Portugal), Márcio Meirelles (Brasil) e João Branco (Cabo Verde) são os encenadores envolvidos neste projeto lusófono, que privilegia o intercâmbio de experiências de jovens de diferentes realidades culturais e contextos.

Depois de uma fase de ensaios, os três grupos envolvidos vão estrear os trabalhos – construídos a partir do universo de Peter Pan – nos seus países de origem. Em Viseu, a encenação será apresentada a 27 e 28 de março.

Paulo Ribeiro admitiu aos jornalistas que este projeto lhe é “particularmente querido”, porque nasceu em Viseu.

“Acho que falta imenso trabalharmos as parcerias com países de língua portuguesa. É algo que nunca conseguimos fazer. Olho sempre com imensa raiva para os meus colegas franceses, belgas e alemães, que conseguem ir muito mais a África e ao Brasil do que nós”, admitiu.

Na sua opinião, estas parcerias devem ser trabalhadas a partir dos próprios teatros, porque, “em termos de tutela, em termos de diplomacia cultural, nada acontece”.

Num ano em que o Teatro Viriato assinala os seus 15 anos de atividade, o trabalho vai passar também por “redes de internacionalização muito fortes, no que diz respeito ao resto da Europa”.

Paulo Ribeiro exemplificou com o reforço das relações com o centro coreográfico belga Charleroi Danses e com a rede internacional Beyond Fronta, que promove a mobilidade e a projeção de novos artistas europeus, na área da dança contemporânea.

A programação para os próximos três meses do Teatro Viriato promete contagiar todos os públicos, com espetáculos de música, teatro, magia e outros, resultantes do trabalho com a comunidade.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*