PS de Coimbra “intransigente” na manutenção do hospital de Cantanhede no SNS

Posted by

32 visita ps cantanhede DR

O presidente da Federação Distrital de Coimbra do PS, Pedro Coimbra, recusou hoje a possibilidade de privatização do Hospital de Cantanhede, manifestando-se “intransigente” na manutenção da unidade hospitalar no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

“Independentemente do modelo de gestão ou organização que venha a ser adotado, qualquer privatização põe em causa o hospital público do SNS. A partir do momento em que é privatizado está em causa o serviço público de saúde”, disse Pedro Coimbra à agência Lusa.

Acompanhado de dirigentes da federação distrital socialista e da concelhia do PS de Cantanhede, Pedro Coimbra reuniu-se hoje com a administração do Hospital Arcebispo João Crisóstomo.

Sobre a anunciada transferência da gestão da unidade hospitalar para a União das Misericórdias Portuguesas (UMP), Pedro Coimbra assinalou que “nada em concreto” foi adiantado, até porque, disse, os próprios administradores “não foram esclarecidos” acerca da mudança.

“Não temos nada contra qualquer entidade que venha a assumir a gestão da unidade hospitalar, seja a Misericórdia de Cantanhede ou outra. Recusamos é a privatização, o hospital é da rede pública do SNS e qualquer alteração é um retrocesso”, sustentou.

Ainda de acordo com Pedro Coimbra, Portugal tem no Serviço Nacional de Saúde “das poucas coisas em que pode competir com os melhores do mundo”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*